Amazon começará entregas via drones em Lockeford, Califórnia, neste ano

Amazon começará entregas via drones em Lockeford, Califórnia, neste ano

Prime Air será o novo serviço de entrega da Amazon, pelo qual a empresa irá enviar os produtos via drones aéreos

 

Notícia original: Amazon to begin drone deliveries in Lockeford, California this year, BBC News, 14 de junho de 2022. 

Redator-tradutor: Heitor Augusto Colli Trebien

 

Imagem de Gerd Altmann, em Pixabay

 

Segundo a matéria da BBC de 14 de junho de 2022, a Amazon diz que começará a entregar encomendas aos compradores via drone pela primeira vez ainda este ano, mas ainda aguarda a aprovação regulatória final.

Os usuários da cidade californiana de Lockeford poderão se inscrever para receber milhares de mercadorias por via aérea em suas casas, disse a empresa.

A gigante das compras prometeu entregas por drones por anos, mas enfrentou atrasos e relatou contratempos.

Mas disse que planeja lançar o serviço mais amplamente após Lockeford.

“A promessa de entrega de drones muitas vezes parece ficção científica”, disse em um post no blog. “[Mas] no final deste ano, os clientes da Amazon que moram em Lockeford, Califórnia, se tornarão os primeiros a receber entregas da Prime Air.

“O feedback deles sobre a Prime Air nos ajudará a criar um serviço que será dimensionado com segurança para atender às necessidades dos clientes em todos os lugares”.

A Amazon disse que os drones serão programados para deixar encomendas nos quintais dos clientes em Lockeford, que tem uma população de cerca de 4.000 pessoas.

Eles poderão voar “além da linha de visão”, o que significa que não precisam ser controlados por um observador visual e, em vez disso, usam sensores para evitar outras aeronaves, pessoas, animais de estimação e obstáculos.

O objetivo é levar os pacotes aos clientes com segurança em menos de uma hora, disse a varejista.

 

‘Dentro de meses’

 

No passado, a Amazon foi acusada de usar a promessa de entrega de drones como uma manchete para impulsionar sua publicidade em torno de seu serviço de assinatura Prime.

Em 2013, o ex-chefe e fundador Jeff Bezos prometeu encher os céus com uma frota de drones de entrega dentro de cinco anos. E em 2019, a Amazon disse que entregaria por drone aos clientes “dentro de meses”.

Em abril, uma reportagem do site de notícias Bloomberg alegou preocupações de segurança com seus drones – embora o varejista tenha dito que testou “rigorosamente” seus voos em conformidade com “todos os regulamentos aplicáveis”.

Em dezembro de 2016, a empresa realizou um teste aparentemente bem-sucedido em Cambridge, Reino Unido. Um pacote foi entregue, por drone, em 13 minutos.

Explicando como as entregas do Prime Air funcionariam, a Amazon disse: “Uma vez a bordo, os clientes em Lockeford verão os itens qualificados para o Prime Air na Amazon. Eles farão um pedido como fariam normalmente e receberão uma hora estimada de chegada com um rastreador de status para seu pedido.

“Para essas entregas, o drone voará para o local de entrega designado, descerá para o quintal do cliente e irá pairar a uma altura segura. Em seguida, deixará o pacote com segurança e subirá novamente.”